O que significa Hanami?

O florescer das cerejeiras marcam o fim do inverno japonês e o início da primavera.

Hanami, ou “contemplação das flores” é uma das tradições japonesas preservadas até hoje. Seu início data em torno do ano 900, tornando-se mais popular a partir do ano 1600. Atualmente as famílias vão a parques, templos,  zoológicos, beira de rios e até mesmo nas ruas onde permanecem admirando, contemplando, desenhando, fotografando e fazendo piqueniques sob as lindas cerejeiras de diversas cores.

Estima-se que no Japão exista cerca de 200 espécies desta árvore. Sua flor é conhecida como a flor da felicidade. Em muitos locais, as árvores são iluminadas para serem admiradas também à noite. A flor da cerejeira é chamada sakura e esta permanece nas árvores em média 2 a 3 semanas; após este tempo suas pétalas soltam-se com o vento fazendo bonitos tapetes. O florescer desta árvore inicia em março no sul, em Okinawa e termina em abril no norte em Hokkaido.

A Agência Meteorológica Japonesa informa até em boletins televisivos o momento do florescimento. O Governo Japonês distribuiu várias mudas de árvores para algumas nações como prova de amizade. Mais de três mil pés foram levados para os Estados Unidos e podem ser vistos nos jardins da Casa Branca. No Brasil, em Campos do Jordão acontece a Festa da Cerejeira em Flor entre meados de setembro.

Nosso nome surgiu após algumas hanamigas vivenciarem esta tradição, onde entendemos a equipe Hanami como uma facilitadora do florescer de vidas. Contemplamos o nascimento em âmbito domiciliar, como um evento singular, de extrema felicidade e beleza, onde preparamos um ambiente perfeito para a chegada do novo bebê, propiciando empoderamento e felicidade a mulher e seus acompanhantes.

sakura 4
Sakura 2
Joyce e as Cerejeiras
Sakura 1