Acompanhamento do Nascimento no Hospital

fotos 233
P1090478
img_1353-041

O ambiente hospitalar pode ser o lugar onde a mulher se sinta mais segura para vivenciar o parto. Nesse caso, fazemos duas visitas domiciliares no pré-natal, a partir de 36 semanas de gestação, para criar maior vínculo com a mulher e família, esclarecer dúvidas e preparar a mulher para o momento do nascimento. Além de incentivar a participação do casal no Curso de Preparação para Maternidade e Parto Conscientes oferecido pela equipe.

Quando iniciar o trabalho de parto, a enfermeira que estiver acompanhando a gestação vai até o local de escolha do casal e lá permanece até que o franco trabalho de parto esteja estabelecido. Durante esse processo, a enfermeira cuida das condições maternas e fetais, bem como da evolução do trabalho de parto no domicílio. A enfermeira permanece com o casal durante a fase inicial do trabalho de parto até que haja dilatação suficiente para ir com calma para a maternidade (durante a fase ativa do trabalho de parto que necessita de profissional habilitado para o acompanhamento, no caso, ou enfermeiras obstétricas, obstetrizes ou médicos) até serem encaminhados para a maternidade de escolha do casal. Chegando na instituição, a enfermeira irá acompanhar o parto em conjunto com a equipe médica (seja equipe de plantão ou o médico de escolha do casal), propiciando conforto e segurança à mulher e família.

No pós-parto imediato, favorecemos o contato pele a pele e a amamentação precoce, além de realizarmos o banho humanizado do recém-nascido. Após a alta hospitalar, continuamos com a assistência em casa, onde orientamos e auxiliamos na amamentação, nos cuidados pós- parto e com o recém-nascido.

Quer saber mais sobre o Parto Hospitalar?